. ,
1986

ENQUETE

        Kid Abelha - Ao Vivo é o registro da primeira noite de um grande show realizado em 27/09/86 no Palácio de Convenções do Anhembi, local escolhido pela banda por possuir as instalações adequadas para a gravação de um LP e por causa do público paulista, que havia sido genial no Projeto SP, no qual o Kid havia tocado no mês de julho.

        Com a saída do Leoni, este disco serviu para que o Kid Abelha se reestruturasse e compusesse novas músicas para o próximo álbum. Mesmo achando que esse momento não fosse o mais oportuno para o lançamento de um disco ao vivo, já que Leoni estava por cima da carne seca com a gravadora, mídia e público e o Kid como o vilão da história e com uma banana na mão, o grupo resolveu ceder às exigências da gravadora e do público. Efetivaram Cláudio Infante na bateria e contrataram novos músicos, a começar por Cláudia Niemeyer para o baixo, uma extraordinária musicista que tocava com Rita Lee, além de um reforço extra para o sax de George com um naipe de sopros.

Paula Toller no Palácio das Convenções do Anhembi - SP, 86 / Arquivo pessoal de Leonardo Pires

        "Precisou vir um cara de Portugal para valorizar o trabalho do grupo, na época, de futuro duvidoso. O Paulo deu um ânimo de principiante ao Kid, fazendo um verdadeiro redescobrimento", lembra Paula. O projeto inicial proposto pelo engenheiro do som era fazer um home video com o registro das duas noites de show, porém descartaram a idéia, já que a gravação da segunda noite (por motivos técnicos) não deu certo, saindo o LP com apenas um show. O disco conta com apenas uma música inédita, "Nada por mim", composta por Paula e Herbert Vianna (seu marido então) para a cantora Marina Lima. E foi por causa desta canção que o Kid Abelha se manteve nas rádios durante a produção do seu próximo disco.

        "É um álbum ao vivo com sabor de greatest hits. Gravamos todo o show e fomos mixá-lo com uma intenção bem definida: a de preservar a sua autenticidade, mostrando com exatidão o que a platéia presente havia assistido, mesmo que isso comprometesse a qualidade do projeto final, incluindo erros, falhas técnicas e ruídos. Achamos que não valia à pena interferir num momento tão espontâneo e emocionante, o que é muito comum em discos live. Não fizemos nenhum retoque em estúdio", revela Paula.

Voltar ao disco anterior Próximo disco
Voltar à seção de "Discografia"

Hosted by www.Geocities.ws

1