Biografia       Discografia       Letras       Fotos       Links       Contato       Livro de visitas       Home      


Hazey Jane II

E o que acontecerá de manhã quando o mundo estiver tão lotado que você não conseguirá olhar pela janela de manhã?

E o que acontecerá na noite na floresta com a doninha com os dentes que mordem tão afiado quando você não estiver olhando na noite?

E todos os seus amigo que você um dia conheceu foram deixados para trás, eles guardam você tão salvo e seguro por entre os livros e todos os discos da sua vida?

O que acontecerá
De manhã
Quando o mundo estiver tão lotado que você não conseguirá olhar pela janela de manhã?

É, leva algum tempo até o cabelo do seu irmão crescer
E agora, leva um tempo para fazer sua irmã justa
E agora que a família
É parte de uma corrente
Tire a sua viseira
Comece de novo

Agora, leva algum tempo para encontrar seu caminho aqui
Agora, leva algum tempo para fazer clara a sua história
Agora que você está levantando
Seus pés do chão
Erga sua âncora
E nunca olhe ao redor

Vamos cantar uma canção
Para a Hazey Jane
Ela está de volta à minha mente
Se canções fossem frases
Em uma conversa
Tudo estaria bem

At The Chime Of A City Clock

Uma cidade congela
Fique de joelhos
Reze por calor e papel verde
Uma cidade seca, você está triste e só
Veja que suas calças não servem
Ponha a cela
Chute seus pés
Domine a distância de uma rua de Londres
Viaje a um local plano
Vire-se e volte de novo

E ao toque do relógio de uma cidade
Ponha-se na estrada
Espere pela sua coroa
Por uma pedra em uma lata
É valoroso para o homem da cidade
Que deixa sua armadura

Fique em casa
Embaixo do chão
Fale apenas com os vizinhos
Os jogos que você joga fazem as pessoas dizerem
Que você é estranho ou solitário
Uma estrela da cidade
Não brilhará muito
Por causa do jeito que você é
E as gotas de suor
Ao redor do seu rosto
Fazem você ter a certeza de se ajustar ao lugar

E na batida do tambor da cidade
Veja como os seus amigos chegam aos dois, aos três ou mais
Pelo som de lugar cheio
É certo para um rosto bonito
Que sabe pra quê é um rosto

O palhaço da cidade
Em breve cairá
Sem um rosto para se esconder
E ele perderá
Se não escolher
Aquele em que deve confiar
Sonny boy
Com cigarros para vender
Foi ao chão com um rosto tão pálido
E nunca soube
Sobre a mudança
Mostrou suas mãos e fugiu

Na luz de uma praça da cidade
Descubra o rosto que é sincero
Mantenha-o ao seu lado
Quando a luz da cidade cair
Você voa para os muros da cidade
Vá embora com sua noiva

Mas ao toque do relógio de uma cidade
Ponha-se na estrada
Espere pela sua coroa
Por uma pedra em uma lata
É valoroso para o homem da cidade
Que deixa sua armadura

One Of These Things First

Eu poderia ter sido um marinheiro, poderia ter sido um cozinheiro
Um amante realmente vivo, poderia ter sido um livro
Eu poderia ter sido um semáforo, poderia ter sido um relógio
Simples como o gado, firme com a rocha
Eu poderia
Aqui e agora
Eu seria, eu deveria ser
Mas como?
Eu poderia ter sido
Uma dessas coisas primeiro

Eu poderia ter sido seu pilar, poderia ter sido sua porta
Eu poderia ter ficado ao seu lado, poderia ter ficado mais
Eu poderia ter sido sua estátua
Poderia ter sido seu amigo
Uma vida longa e completa, poderia ter sido o fim
Eu poderia ter sido só seu
Eu seria, eu deveria ser
Eu poderia ter sido
Uma dessas coisas primeiro

Eu poderia ter sido um apito, poderia ter sido uma flauta
Alguém realmente generoso, poderia ter sido uma bota
Eu poderia ter sido um semáforo, poderia ter sido um relógio
Simples como o gado, firme com a rocha
Eu poderia ser aqui mesmo
Eu seria, eu deveria ser
Mas como?
Eu poderia ter sido
Uma dessas coisas primeiro

Hazey Jane I

Você amaldiçoa de onde vem?
Você faz juras à noite?
Significaria muito para você
Se eu a tratasse bem?
Você gosta do que está fazendo?
Faria isso por mais um pouco?
Ou pararia e pensaria pra quê você faz isso?

Ei Jane, faça sentido
Calma Jane, cruze a cerca

Você se sente como o resto
De algo que já passou?
Você acha que as coisas estão se movendo
Um pouco rápido demais?
Você espera encontrar novas maneiras
De saciar sua sede?
Você espera encontrar novas maneiras
De fazer melhor do que o seu pior?

Ei Jane, deixe-me provar
Calma Jane, estamos nos movendo

Faça isso por você
Claro que você faria o mesmo por mim um dia
Então tente ser verdadeira
Mesmo que seja apenas no seu caminho enevoado

Você pode dizer se está se movendo
Sem um espelho para ver?
Se está enganando um novo homem?
Parece um pouco comigo
É tudo tão confuso?
É difícil de acreditar?
Quando o inverno chegar você consegue
Pedir as contas e sair?

Ei Jane, viva sua mentira
Calma Jane, voe

Fly

Por favor, dê-me uma segunda graça
Por favor, dê-me um segundo rosto
Eu caí tão distante da primeira vez
Agora eu só sento no chão, no seu caminho

Agora, se é hora de recompensa pelo que foi feio
Vem, vem sentar na cerca ao sol
E as nuvens passarão
E nós nunca negaremos
É mesmo muito difícil voar

Por favor, diga-me seu segundo nome
Por favor, jogue-me seu segundo jogo
Eu caí tão distante da pessoa que você é
Eu só preciso da sua estrela por um dia

Então vem, vem passear no meu carro pela baía
Para agora, eu preciso saber o quão bem você está do seu jeito
E o mar firme como eu
Mas ela não precisará chorar
Pelo que é muito difícil
Voar

Poor Boy

Nunca cantei em ceias
Nunca ajudei vizinhos
Nunca faço o que é certo
Pelo meu trabalho compartilhado

Eu sou um pobre rapaz
E eu sou um andarilho
Conte suas moedas
E atire-as sobre os meus ombros
Talvez eu amadureça

Ninguém sabe
O quão frio fica
E ninguém vê
Como meus joelhos tremem
Ninguém liga
Sobre o quão íngreme é a minha escada
E ninguém sorri
Se eu cruzar seus estilos

Que pobre rapaz
Com tanta pena de si mesmo
Que pobre rapaz
Tão preocupado com a sua saúde

Talvez você diga todo dia
Onde ele irá ficar esta noite?

Nunca soube pra quê eu vim
Parece que eu esqueci
Nunca perguntei de onde vim
Ou como fui concebido

Eu sou um pobre rapaz
E eu sou um lutador
As coisas que digo
Talvez pareçam mais estranhas
Que o domingo mudando pra segunda

Ninguém sabe
O quão frio fica
E ninguém sente
Os calcanhares gastos
Os olhos de ninguém
Fazem o céu
Ninguém espalha
Suas cabeças doentes

Que pobre rapaz
Tão preocupado com sua vida
Que pobre rapaz
Louco para conseguir uma esposa

Ele é uma bagunça mas irá dizer sim
Se você se vestir de branco

Northern Sky

Eu nunca senti a magia tão louca como agora
Eu nunca vi luas conhecerem o significado do mar
Eu nunca segurei emoções na palma da minha mão
Nem nunca senti doces brisas no topo de uma árvore
Mas agora você está aqui, iluminando meu céu do norte

Há muito tempo que eu espero
Há muito tempo que eu sou jogado
Há muito tempo que eu vago
Por entre as pessoas que conheci
Se você fizesse e pudesse ajeitar a minha nova mente

Você me amaria pelo meu dinheiro?
Você me amaria pela minha cabeça?
Você me amaria através do inverno?
Você me amaria até eu morrer?
Se você fizesse e pudesse vir gabar-se

<< Voltar


Hosted by www.Geocities.ws

1