A OPINIÃO QUE FAZ A DIFERENÇA
   


São Paulo, segunda-feira, 16 de março de 2009

Tooths a ver!


Anterior                                                               Próxima


E o vento não levou


LONDRES (ING) - Eu vim de tão longe,
cheia de sonhos.
De saudades.
De dores e de palpites.
Desejos.
De te ver mais uma vez.
De te agarrar nos olhos e sentir arrepio com café e flor em tarde chuvosa.
De arrepiar a sua alma.
Esperar uma semana inteira por você
E te entender criança.
Como vento que beija a Lua.
E a dor de mulher que ama
De te querer perto
De ainda desejar
Como poesia perdida no mar
E palavra dita sem dor
Palavra que abre e fecha
Sem nada dizer
Que disse sem querer
Que me amava
E me queria bem
Perdão se eu não te amei assim
Mas te quis tão perto de mim
Sem palavra te sinto mais uma vez
Mas te lembro admirar.
Adorar meu corpo
E roubar meu coração
Invadiu a alma.
E fez valer a pena.
Me recriou.
Para mim
Mas não por você
Não para ti.
Sigo e não te lembro mais.

Paula Tooths-Guedes


[email protected] 
_________________________________________________
Paula Tooths é jornalista especializada em produção de cinema e TV
    



MURAL DE
RECADOS DO MPR


 

Expediente/[email protected]/Quem Somos
A reprodução do material disposto neste sítio será permitida mediante autorização do Editor

Hosted by www.Geocities.ws

1