Rurouni Kenshin - Traduções do mangá.
Volume 1 - Kenshin * Himura Battousai.
.
Parte 2 - O andarilho vai à cidade. Kaoru: Nenhum deles voltou. É inacreditável.
.
Kenshin ( lavando roupas ): Nós vivemos em uma época de cultura e iluminação. Uma vez que as coisas mudam não é fácil fazê-las voltarem a ser o que eram.
.
Kaoru: Falando do inacreditável, e a sua idade? Vinte e oito anos? Mentira! Tolice! Diga-me a verdade!
.
Kenshin: Bem, você acha que tenho trinta?
.
Kaoru: Também, não.
.
Kenshin: Então o que quer?
.
( mais tarde, andando pela cidade )
.
Kaoru ( pensando enquanto caminha ): Himura Kenshin é um andarilho, um espadachim errante, viajando livre dos problemas do mundo e agora ficando no dojo. Mas ele é realmente o patriota que preparou o caminho para a Restauração Meiji. O lendário Hitokiri Himura Battousai... Mas... por que ele se tornou um andarilho...? Quase todos os patriotas deixaram as espadas. Agora, eles tem cargos no novo governo. Se ele quisesse poder...
.
Kenshin ( olhando-a ): Há algo que você quer me perguntar sobre o meu passado, não é ?
.
Kaoru ( relembrando suas próprias palavras: "todos tem uma ou duas coisas em seu passado das  quais não querem falar." ): Não é isso! É a sua espada! Você não pode andar por aí com uma espada hoje em dia!
.
Kenshin: Mas há apenas dois anos atrás as pessoas usavam. Olhe, não estou incomodando ninguém.
.
Kaoru: Mas o que você vai fazer quando a polícia o pegar, como da outra vez? Eles não vão descobrir que é uma sakabatou até ser tarde demais.
.
Kenshin: Se acontecer, aconteceu.
.
Kaoru: Droga. Bem, vamos às compras. Você pega o missô, o sal e o molho de soja.
.
Kenshin: Isso deve pesar.
.
Kaoru: Não reclame!
.
( Uma carruagem pára atrás. )
.
Homen na carruagem: Com licença, senhorita. Estou perdido. Pode indicar-me o caminho da delegacia?
.
Kaoru: Oh...claro. Apenas vire à direita na grande rua à sua frente.
.
Homem: Obrigado. ( para o condutor ): Depressa!
.
Kaoru ( quando ele sai ): Ele me assustou. Eu me pergunto de onde será ele. Eu nunca o vi antes. Bem, às compras.
.
Homem na carruagem ( pensando ): É verdade... esta é a cidade... Himura Battousai...!
.
Kaoru ( para um rapaz que corre em direção a uma multidão ): O que está acontecendo?
.
Rapaz: Eles pegaram alguém. Um rapaz que não respeitou o decreto contra o uso de espadas.
.
( a policia forma um semi-circulo à volta de Kenshin )
.
 Policial 1: Ele é pequeno mas é rápido!
.
Policial 2: Você não pode fugir!
.
Kenshin: É verdade. Vocês são persistentes. Não há nada a fazer. Irei pacificamente.
.
Kenkaku-keikan ( atrás): Fora do caminho! Kenkaku-keikan chegou! Fora do nosso caminho! Policial ( batendo continência ): C-capitão Ujiki...
.
Ujiki: Bom trabalho. Nós assumiremos agora. Voltem para a delegacia.
.
Policial: M-mas este homem não mostrou nenhum sinal de resistência. Então não precisamos de ajuda para levá-lo.
.
( Ujiki o atinge com o cabo da espada )
.
Ujiki: Você está me dando ordens? Se eu disse pra cair fora, caia fora. ( voltando-se para Kenshin ). O  que temos aqui... parece um bom homem. ( Ujiki saca a espada e a aponta para Kenshin ). Saque sua espada, bom homem. Se você usa uma espada em Tokyo deve confiar muito em sua habilidade.
.
Kenshin ( abaixando a espada dele ): Não há necessidade de puxar a espada. Não há razões para mostrá-la.
.
Kaoru ( correndo até eles ): Kenshin!
.
Ujiki: Ela deve estar com o sr. bom homem
.
Kenshin: Não venha, Kaoru-dono!
.
( os policiais avançam sobre ela com suas espadas e cortam o laço que prendia seus cabelos )
.
Policial: Seu kimono será o próximo.
.
Ujiki: Uma vez mais, por que você não saca sua espada?
.
Kenshin: Você é realmente um policial?
.
Ujiki: Certo. Com licença para usar uma espada. Licença para matar. Sou um Kenkaku-keikan. ( ameaçando Kaoru ) Por que você não mostra sua espada?
.
Povo: Isto é tirania! Parem com isso! Deixem-no em paz, desgraçados!
.
Ujiki: Zombando de nós...Vocês são muito corajosos. Isso é obstrução da justiça. Prendam todos. Os que resistirem... mate-os.
.
( a policia ataca a multidão, mas estaca ao ouvir o som de Kenshin desembainhando a espada. )
.
Kenshin: Não tocarão em Kaoru-dono ou no povo da cidade! Se querem um oponente, estou aqui. Os que desejam comer terra, que venham.
.
Ujiki: Então você não é mais o sr. bonzinho, heim? Hum...sakabatou é  uma arma estranha, só para autodefesa. Mas um espadachim perde a prática se não matar alguém de vez em quando.
.
( na delegacia, o chefe de policia está conversando com o homem da carruagem - que se chama Yamagata.)
.
Yamagata: Entendo, então era um impostor...
.
Chefe: Sim.
.
Yamagata: Se pensar bem faz sentido. Himura não era o tipo de homem que exibe sua força. Certamente o homem chamado de Hitokiri Battousai matou. Mas ele nunca matou em proveito próprio. Foi tudo pela nova era... Há muitos heróis que salvaram vidas com suas espadas... mas sem ELE os patriotas não teriam tido sucesso. Eu gostaria de encontrá-lo e dar-lhe a posição que ele merece nas tropas do imperador.
.
Chefe: Bem... os culpados foram encontrados em frente à delegacia. Não se sabe quem os venceu. Rumores dizem que foi o verdadeiro.
.
Yamagata: O quê...!
.
Chefe: Mas deve ser apenas boato.
.
( um jovem oficial invade o escritório )
.
Oficial: É terrível, chefe!
.
Chefe: Idiota! Temos um convidado. Não sabe bater?
.
Oficial: Desculpe-me, senhor. Mas é o Kenkaku-keikan!
.
Chefe: Ujiki outra vez?
.
Yamagata: Kenkaku-keikan? Nunca ouvi falar.
.
Chefe: É uma unidade formada por ordens superioras, mas eles são um grupo violento, com um capitão proveniente de Satsuma. Yamagata: Entendo. Eles são arrogantes.
.
Chefe: Bem, o que eles fizeram desta vez?
.
Oficial: Eles ainda estão lutando. E contra um único espadachim...
.
Chefe: O quê?! Tolo! Eles foram escolhidos entre os melhores do quartel!
.
Oficial: Mas é verdade!
.
Chefe: Eu não acredito. Quem é ele?
.
Oficial: Eu não sei. Ele é baixo, tem cabelos vermelhos e se move tão rápido que nem dá para acompanhá-lo. E... tem uma grande cicatriz em cruz na face esquerda
.
Yamagata: Himura Battousai!
.
( a carruagem corre até lá. Chegando, Yamagata salta de seu interior. )
.
Yamagata ( pensando ) Himura...
.
( Kenshin derruba os últimos Kenkaku-keikan. Depois volta-se para Ujiki )
.
Kenshin: Só restou você. Jure que não ameaçará o povo desta cidade novamente. Está acabado. Depois você poderá prender-me por carregar uma espada e por agressão se desejar.
.
Ujiki: Absurdo! Isto não quer dizer nada! ( ele segura a espada sobre a cabeça com as duas mãos
e ataca )
.
Kaoru: Aquele ataque... é o estilo Ni-no-tachi Irazu da escola Jigen, a melhor de Satsuma!
.
Chefe: Pare, Ujiki! Este homem é...
.
Yamagata: Tolo. A escola Jigen é, certamente, única, mas contra a escola Hiten Mitsurugui, não é nada.
.
(Ujiki golpeia. Kenshin salta sobre ele e, ao cair, atinge-lhe as costas violentamente.)
.
Kaoru: Kenshin!
.
Kenshin: Não se feriu?
.
( o povo corre até eles )
.
Povo: Grande, irmão! Ei, de onde você é? Vamos beber juntos!
.
Yamagata: Himura, finalmente eu o encontro. Eu o procurei por dez anos...
.
Kenshin: Você agora usa bigode, Yamagata-san.
.
Chefe: Eu gostaria de falar com ele em particular.
.
Kaoru ( pensando ): Yamagata... não pode ser... o general da mais forte unidade do exército do imperador, o patriota Yamagata Aritomo!
.
( a polícia afasta o povo )
.
Polícia: Ei, circulando, circulando.
.
Povo: Tirania! Irmão, mate estes também!
.
Yamagata: A carruagem está esperando. Muitos amigos estavam esperando seu retorno para servir ao imperador. Vamos.
.
Kenshin: Infelizmente, eu não tenho o menor anseio pelo glorioso trabalho de Hitokiri.
.
Yamagata: O quê? Se está falando sobre as matanças, foi parte do grande trabalho do Ishin Shishi! Isso ainda preocupa você?! Certamente há os que odeiam os hitokiris. Todavia essas pessoas...
.
Kenshin: São sufocadas pela autoridade do governo. Para pensar como os que governam com vaidade e arrogância. Nós não lutamos pelo poder e glória do governo. Foi para proteger e construir um mundo onde as pessoas pudessem buscar felicidade. Se esquecermos isso seremos impostores.
.
( ele vai embora. Kaoru o segue )
.
Yamagata: Mas, Himura! Os tempos mudaram. Agora é a era Meiji. Há um decreto contra o uso de espadas! Os samurais foram abolidos! Não é como no Bakumatsu. No mundo Meiji, sem o poder do governo, uma espada não pode fazer nada!
.
Kenshin ( pousando a mão em kaoru): Com uma espada eu posso proteger as pessoas.( close nos olhos ) Eu não mudei do que era no passado. A não ser pelo fato de o Hitokiri ter se tornado um andarilho.
.
( eles partem )
.
Yamagata: Eu entendo. A julgar pela reação do povo é obvio de quem foi a culpa.
.
Chefe: Uma espada de bambu é tão segura quanto uma espada real. Todavia... como no caso do falso, eu pensava que o Hitokiri Battousai era um perigoso... brutal assassino. Mas o verdadeiro é bem diferente.
.
( Kaoru e Kenshin indo para casa, carregando mercadorias )
.
Kenshin: Desculpe, Kaoru-dono.
.
Kaoru ( pensando ): Por que Kenshin se tornou um andarilho... ( alto ): O quê?
.
Kenshin: Sua fita. Por minha culpa foi destruída.
.
Kaoru ( pensando ): Estou começando a entender. Ele continua a proteger a liberdade das pessoas com a espada sem ter que seguir as ordens de ninguém... ( alto ): Tudo bem. Basta fazer alguns serviços domésticos para mim.
.
Kenshin: Tudo bem. Mas é pesado. Realmente temos que comprar tudo de uma vez só?
.
Kaoru: ... Na verdade não....
.
.     Eu não tinha nenhum modelo. Se pressionado eu diria, talvez, Chiba Sanako de " Ryoma no koibito ". Mas, agora, ela se reduziu a uma simples garota ( oh, bem... de novo ). Mas a garota que ela se tornou age bem nas emergências, então tudo bem. Parece que ela é popular entre minhas leitoras. Alguns não sabem se ela é forte ou fraca, mas ela é  realmente muito forte. Ser capaz de conduzir seu próprio dojo, a despeito de haverem outros na  mesma cidade, mostra sua habilidade. Se ela parece fraca é porque Kenshin e Sanosuke são muito fortes. Se Kaoru e Kenshin vão se apaixonar eu ainda não sei.
    Eu não tinha nenhum design em particular para ela. Claro, um rabo-de-cavalo era essencial a uma garota que pratica Kendo ( risos ). Uma espada, um kimono, um rabo-de-cavalo... Como eu só havia pensado nisso, desenhar Kaoru foi engraçado.( se bem que seu cabelo é difícil ). Ao desenhar, " os rapazes devem ser legais e as garotas devem ser bonitas ", e eu quis fazer Kaoru bonita, embora ela seja pobre e não seja sofisticada, o padrão de seus kimonos é diferente, como ela própria.
.
Página inicial
Volume 1
Próximo capítulo
   
 
 

 

 
Hosted by www.Geocities.ws

1