Sala de Física

Biografias


Otto von Guericke

  

 (1602 - 1686)

Otto von Guericke estudou Matemática e Direito na Universidade de Leiden (Holanda), antes de trabalhar como engenheiro na Alemanha. Aos 25 anos, retomou a Magdeburgo, sua cidade natal, que quatro anos mais tarde seria destruída na Guerra dos Trinta Anos. Conseguiu fugir com a família, mas perdeu todos os seus bens. Fez parte então do exército sueco durante algum tempo, até poder voltar a Magdeburgo, em cuja reconstrução trabalhou como engenheiro. Em 1646, tornou-se prefeito da cidade, ocupando esse cargo por 35 anos.

Guericke foi um defensor da idéia de que o vácuo existia. O argumento mais acatado na época era ainda o de Aristóteles, segundo o qual a natureza teria "horror ao vácuo", preenchendo imediatamente, a todo custo, qualquer espaço que fosse deixado sem matéria.

Guericke acreditava que as evidências valiam mais que a argumentação teórica e, em 1650, começou a realizar experimentos para testar suas idéias. Conseguiu assim demonstrar que, no vácuo, uma vela não queimava, pequenos animais não sobreviviam e o som de um sino não se propagava.


(Bomba de sucção inventada por Otto von Guericke)

Em 1650 Guericke construiu uma bomba de sucção que esvaziava um barril cheio de água ou removia o ar de um balão de cobre. Em ambos os casos a operação requeria o esforço de dois homens.

Com essa bomba Guerick realizou sua experiência mais famosa, em 1654. Ele mandou fazer uma esfera oca, de metal, de meio metro de diâmetro, formada por dois hemisférios metálicos que se encaixavam perfeitamente. Ao remover o ar do interior da esfera assim formada, os hemisférios se mantinham unidos, não sendo possível separá-los nem com o esforço de diversos cavalos. Foram necessárias oito parelhas de cavalos do Imperador para separá-las (Graças aos estudos de Torricelli, com os quais teve contato, Guericke conseguiu relacionar todos esses fenômenos à pressão exercida pela atmosfera.)

(Experiência dos hemisférios de Magdeburgo)

Ele também criou uma máquina eletrostática, constituída por uma esfera revestida de enxofre que podia ser girada por uma manivela. Esse movimento fazia a esfera acumular eletricidade estática, que podia ser descarregada na forma de faíscas. O que o levou a criar esse aparelho foram as pesquisas de Gilbert, feitas em 1672, sobre a eletrização por atrito. Numa carta ao matemático alemão Leibniz, Guericke descreveu os resultados que obteve.

(Máquina eletrostática)

www.saladefisica.cjb.net

ÍNDICE BIOGRAFIAS

ÍNDICE GERAL

 

Hosted by www.Geocities.ws
GridHoster Web Hosting
1