Sala de Física

Leituras de Física

A FALA


Como todos os outros sons, a voz é produzida por vibrações. No interior da laringe estende-se um tecido esticado com duas pregas, chamadas cordas vocais. São elas que vibram quando falamos. As cordas são fibras elásticas que se distendem ou se relaxam pela ação dos músculos da laringe. Você pode demonstrar como se produz o som soprando na linha de encontro das extremidades de uma tira larga de elástico esticada formando uma superfície cilíndrica.
Todo o ar inspirado e expirado passa pela laringe. Comumente as cordas vocais estão relaxadas nos dois lados da laringe. O ar passa entre as cordas vocais sem produzir som. Quando você fala ou canta, seu cérebro envia mensagens pelos nervos até os músculos que controlam as cordas vocais. Os músculos fazem a aproximação das cordas de modo que fique apenas um espaço estreito entre elas, como nas extremidades do elástico usado na sua demonstração. Quando o diafragma e os músculos do tórax empurram o ar para fora dos pulmões, ele produz a vibração das cordas vocais. O controle da altura do som se faz aumentando-se ou diminuindo-se a tensão das cordas vocais.

A freqüência natural da voz é determinada, em grande parte, pelo comprimento das cordas vocais. As mulheres têm voz mais aguda que os homens porque suas cordas vocais são mais curtas. Pela mesma razão, as vozes das crianças são mais agudas do que as dos adultos.


(Cordas vocais)

A laringe não é o único órgão responsável pela fonação. Os lábios, a língua, os dentes, o véu palatino e a boca concorrem para a formação dos sons. Quando murmuramos produzimos os sons colocando a boca e a língua em determinadas posições sem fazer vibrar as cordas vocais.
O timbre da voz humana depende dos inúmeros espaços que vibram em ressonância com as cordas vocais. Aí se incluem as cavidades ósseas, cavidades nasais, a boca, a garganta, a traquéia e os pulmões, bem como a própria laringe.

Freqüência da voz humana
A mais baixa freqüência que pode dar a audibilidade de um tom é mais ou menos a de 20 vibrações por segundo, enquanto a mais alta se encontra entre 10.000 e 20.000 vibrações por segundo. A freqüência comum de um piano é de 40 a 4.000 vibrações por segundo.
A freqüência da voz humana se encontra entre 60 e 1.300 vibrações por segundo.

http://br.geocities.com/saladefisica

ÍNDICE LEITURAS

ÍNDICE GERAL

 

Hosted by www.Geocities.ws

1