links: Musica do Brasil nos anos60 / Revoltas / mais fotos hippies

HIPPIE quer dizer JOVEM relaxado,
e com os cabelos longos, jovem rebelde dos anos 60 que aceita a
liberdade sexual e o uso de drogas.

Para ser um hippie você deve acreditar na paz como a maneira resolver diferenças entre povos, ideologies e religiões. A maneira à paz é com o amor e a tolerância. Amar significa a aceitação de outra enquanto é, dar-lhe a liberdade para expressar-se e não os julgar baseados em aparências. Este é o núcleo da filosofia do hippie.  

Assim ser um hippie não é uma matéria do vestido, do comportamento, do status econômico...É uma aproximação filosófica à vida que emfatiza a liberdade, a paz, o amor e um respeito para outro e à terra. A maneira do hippie nunca morreu. . Eu acredito que há um pouco hippie em todos nós.

Começaram a surgir jovens rebeldes delinqüentes, e desajustados, mas tinham um grande potencial criativo, e seus próprios ideais, o rock psicodélico, e as drogas, e as contradições dos antigos valores dados pela sociedade, marcaram esse período " magico".
Desde dos anos 50, começaram a surgir movimentos com esses pensamentos:
Os beatniks
Em pleno pós-guerra começou a penetrar nos jovens um sentimento de insatisfação, mas ainda seguiam os papéis antigos habituados pela sociedade. Foi nos Estados Unidos que os jovens não queriam mais viver ou seguir aquela vida medíocre, e superficial, que viviam, eles queriam liberdade, emoçoes diferentes, sensaçoes novas. Por não conseguirem aceitar aquela sociedade, entram no mundo das drogas, e do álcool, e saiam pela estrada em busca de aventuras, foi ai que surgiu a geraçao "beat", mais tarde batizados de "beatniks". Possuíam sua própria linguagem, suas próprias literaturas, escreviam sem usar muitos as regras de sua língua, usando gírias e criando termos. Nessa época surgiram escritores que até hoje têm grande influencias nos jovens, Allen Ginsberg, autor de "Howl", poema escrito com doses de erotismo e obscenidade que fizeram de Allen um símbolo mundial de depravaçao sexual. e Jack Kerouac que escreveu o livro "Pé na Estrada", considerado a bíblia dos beatniks, onde conta suas aventuras pelas estradas, cruzando a América de costa a costa. Criaram seu reduto na cidade de San Francisco, no bairro de North Beach.
Em
San Francisco
Nos primeiros anos da década de 60, os jovens já tinham uma educaçao liberal, que estimulava a capacidade de expressao, os jovens passaram a ser mais críticos e contestadores. Queriam modificar a sociedade, queriam um mundo de sonhos, beseado só no amor e arte, e na paz. Queriam acabar com todos os sentimentos e atos ruins que cobriam o Planeta Terra, como a pobreza e o racismo, denunciar a poluiçao atmosférica, se libertar da inveja e da cobiça entre outros, tudo isso já estava semeando o movimento Hippie, que eram a forma concreta , que os beatniks queriam pois também estavam insatisfeitos com a sociedade, porém acreditavam em seus "sonhos dourados". Outro movimento surgiu em San Francisco, foi The Family Dog, que foi responsável por um grande acontecimento: a organizaçao do primeiro baile de rock da cidade, realizado em 16 de outubro de 1965, no Longshoreman's Hall, com quatro bandas locais. Essa época mudou a cidade e principalmente o bairro North Beach, reduto dos beatniks, que passou a ser a área um velho gueto negro que os jovens redecoraram com cores psicodélicas, incenso, roupas e jóias orientais, criando uma comunidade por volta da esquina das ruas Haight com Ashbury. Essa comunidade tinha com a principal droga o ácido lisérgico, conhecido como
LSD, apesar de haveram centenas de mortes por overdose, o seu uso era defendido porTimothy Leary, entre outros artistas e personalidades.
Os Blues eram as suas musicas, falavam da dor e davam voz rs suas frustraçoes, sugiram essa visão de blues acompanhados de visuais psicodélicos, e muitas filosofias e crenças antigas, ideais de vida comunitária, amor livre, e crenças ancestrais (astrologia, tarô, magia) e com as mais exóticas religioes orientais (budismo, taoísmo), expressa nas figuras de Sao Francisco de Assis e Cristo (começavam a surgir os "Jesus Freaks": jovens que seguiam os ideais de Jesus, aliados r filosofia hippie), praticavam rituais dos primitivos índios americanos e dos africanos, Os Hare Krishna também ganhavam força. Havia uma nova indagaçao para a espiritualidade...
Em 1966 houve o fim da The Family Dog, e agora o novo templo do rock era organizado por por Bill Graham, dono do Filmore Auditorium e por Chet Helms, dono do Salao Avalon
os grupos de rock de San Francisco (que eram pouco mais de meia dúzia) passaram a se multiplicar, chegando, no final de 1966, a aproximadamente 1.500, todos sob a influencia do blues.
1967 conhecido como o ano da Flor os hippies convocaram uma reunião, (Reunião das tribos), mostrando sua força, realizada no Golden Gate Park para o chamado World's First Human Be-In, que teve a presença de cerca de 20 mil jovens cantando e dançando, cobertos de flores, de colares e pulseiras de contas. E já tinham 100 mil hippies foram chamados de flower children ("filhos da flor", como se intitulavam) invadiriam a cidade de San Francisco em junho, para o chamado Verao do Amor. O Hino intitulado daquele ano foi gravada pelo cantor Scott McKenzie. A música, composta por John Phillips (dos Mamas and Papas), quem fosse a San Francisco que nao esquecesse de colocar flores nos cabelos. Os 100 mil jovens não chegaram de uma só vez, mas apareceram lá no decorrer do verão, . Eles exigiam das autoridades casa, comida e assistencia médica. Além disso, a Comissao de Parques liberou algumas áreas em torno de Haight-Ashbury para sacos-de-dormir. Da noite para o dia, a cidade ganhou fama (nacional e internacional) de capital mundial dos hippies, o que acabou atraindo turistas de vários lugares. Com toda a exploração turística já que não era esse fundamento aplicado muitos hippies deixaram Haight-Ashbury e foram viver em comunidades rurais.

16 a 18 de junho de 1967, próximo de San Francisco, acontecia o Monterey Pop Festival, que acabou acolhendo mais de 50 mil, a maioria sem ingresso, e todo o festival ganharam força internacional com sua melhores bandas, ao slogan do festival: "Música, amor e flores". Nesse período o mundo assistiu o nascimento de duas estrelas do rock: Janis Joplin e Jimi Hendrix. Mais dois acontecimentos ainda marcariam aquele período. O primeiro foi o lançamento do disco Sergeant Pepper's, considerado o "divisor de águas" da obra dos Beatles. Depois de todo esse tempo largaram a imagem de adolescentes "sonhadores" e passaram a ser musicos criativos, e toda essa criatividade atribuída ao
LSD.
Outro acontecimento envolvendo os Beatles, foi um especial de televisao transmitido para 200 milhoes de pessoas em vários países pelo novo sistema via satélite, onde eles cantaram "All You Need is Love", cuja letra dizia que tudo era possível, desde que existisse amor. Em novembro de 1967, muitos participaram da Marcha ao Pentágono, que foi um dos maiores confrontos entre estudantes e a força militar. O fato anunciava que o ano de 1968 seria essencialmente político. E foi...
Após a morte do reverendo Martin Luther King, em abril, houve uma grande revolta dos negros, dando força ao Black Power e aos Panteras Negras, que defendiam a luta armada.
Crescia a resistencia ao serviço militar e r guerra do Vietna. No mundo inteiro eram feitas manifestaçoes nas universidades e nas ruas. Protestos durante a convençao do Partido Democrata em Chicago, se transformaram numa batalha entre jovens e policiais.
Em 1969 os hippies queriam colocar todos seus sonhos e ideais em pratica, estudantes e voluntários ocuparam um terreno abandonado da Universidade de Berkeley e o transformaram num parque público, com jardins, playgrounds para as crianças, fontes d'água e concertos de rock. Era o People's Park, o Parque do Povo. Vendo isso como uma ameaça ao Sistema, que já se sentia vulnerável, o governador Reagan da Califórnia (anos mais tarde presidente dos Estados Unidos) convocou a polícia e a Guarda Nacional para "resolver" a situaçao. Mais os jovens enfrentaram
Com paus e pedras ou até de maos limpas, os jovens afrontaram as forças da repressao... O People's Park foi arrasado e transformado em estacionamento de veículos... Um estudante foi morto... Sobraram apenas alguns panfletos que os jovens distribuíam, onde eles apresentavam suas propostas... ou sonhos?

 

A geraçao que acreditou ser capaz de parar uma guerra e mudar o mundo, deixou uma semente que acabaria sendo lançada aos quatro ventos, indo refletir-se nos lugares mais longínquos do globo. Uma nova moral, uma nova ética, novos valores haviam sido cultivados na cabeça das pessoas, graças rqueles jovens dos anos 60. Essa semente está presente ainda hoje dentro de cada um que se permita sonhar e acreditar na realizaçao de seu sonho. Aliás, o sonho nao acabou..

 





Hosted by www.Geocities.ws
GridHoster Web Hosting
1