A OPINIÃO QUE FAZ A DIFERENÇA
   


São Paulo, segunda-feira, 1º de junho de 2009

Tooths a ver!


Anterior                                                               Próxima


Luiza


LONDRES (ING) - Certamente a maioria associaria a música de Chico, Jobim e Vinícius. Mas bem diferente daquela nota de amor respondido pela metade, Luiza é uma mulher inteira. Completa, complexa. Complicada? Eu jamais arriscaria tamanho desaforo. Pequena, mas com o coração maior que eu conheço. Os cabelos geralmente vermelhos espelham a energia que ela multiplica com o vento.

Ainda que eu precisasse, associa-la aos poetas, entregaria as linhas a Vinícius, que rabiscou imortalmente: “
Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles. A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor…”.

Deusas Gregas, Deusas Hindu, Deusas da Mitologia Romana, e todas elas juntas. Luiza! É um pouco de cada e todas elas. Tem asas e voa para onde quiser. É mais justa do que a justiça e competente para carregar consigo a responsabilidade de todas as Deusas e só para variar empresta responsabilidades dos Deuses para harmonizar o mundo.

Ama todas as suas escolhas e não carrega consigo hipocrisia ou arrogância. É proprietária de muito bom senso e sempre é bem humorada. As palavras da moça decidida soam como sintonia suave de violino afinado e as broncas são piores que trovoada. Mas no fim, ela tem sempre a razão.

Sabia, esperta, o conhecimento é de alto padrão. Perfeccionista e tem sua marca registrada… Todos tentamos. Ela não esconde o segredo. Só o dia de Luiza tem 48 horas...

Disciplinada. Concentrada. Focada. Assim é a mulher que é o modelo de vida de tantas outras mulheres e homens também.

Amélia não era mulher de verdade. Luiza é muito mais.

Menina mulher, melhor ainda que bem pequena. Assim, cabe no colo, se ajeita na alma. Melhor mesmo, assim cabe no coração. Mas lá se expande, contagia. Vício eterno. Doença que infecta, muda nosso astral e ruim ou bom, se instala para sempre no coração.

Ainda bem que pequenina. Fácil de carrega-la conosco onde estivermos.

Luiza é mais que manual de instruções. É um livro intenso, de respostas prontas. E não tem medo se a vida questionar uma nova pergunta. Ela cria a resposta imediatamente. São os poderes de heroína.

Assim é Luiza. Mulher de verdade. Ser etéreo de raios precisos que se espalham, difundem. Inebriante olhos de candura. Ínfimo amor pelas causas que compra e desiste nunca, até que suas metas se concretizem.

Obrigada pela diária lição de vida! Obrigada por existir!

Parabéns por ser única. Efêmera. Luiza! Simplesmente Luiza!!!


[email protected] 
_________________________________________________
Paula Tooths é jornalista especializada em produção de cinema e TV
    



MURAL DE
RECADOS DO MPR


 

Expediente/[email protected]/Quem Somos
A reprodução do material disposto neste sítio será permitida mediante autorização do Editor

Hosted by www.Geocities.ws

1