CONVERSA DE GAROTA...

Tati-chan
 
 

Era uma linda manhã , com o Sol brilhando a terra de Tokyo maravilhosamente. O dojo estava relativamente calmo comparado aos outros dias. A calma e a paz finalmente viriam e haveria um pequeno descanso para todos, o que era satisfatório. Uma cabeça avermelhada ia saindo lentamente até fora se perguntando:

- Será que eu poderia acordar Yahiko-chan e Kaoru-dono?

Geralmente estes dois acordavam cedo para aproveitar o tempo e lutar o estilo Kamiya Kashin Ryu. Mas resolveram dar uma pequena pausa naquele dia. Não mais Kaoru estava tentando achar Yahiko. Ela tinha mudado sua habitual rotina para um estranho exame de si mesma. Havia então ido para a casa de banho onde tirando seu roupão começou a se estranhar.

-Uau!- Disse ela ao olhar para seu corpo, - Como meus peitos cresceram! Eles nunca atrapalharam! Mesmo durante os treinos onde eu coloco bandagens para esconder, estão me incomodando! Droga!

Era verdade. Eles tinham se evoluído de uma maneira impressionante. Mas Kaoru sentia algo diferente do normal. Uma grande coisa que lhe tomava os pensamentos.

- Deus! O que será isso que sinto?? Eu nunca fiquei assim!!!

Até que uma claridade tinha vindo da porta de entrada da casa. Kaoru notou. E viu que algo avermelhado(Toque de humor ^_^:ps) se via. Ficou meio assustada.

- K-Kenshin?

- Ohayoo gozaimasu, Kaoru- dono.

Tinha ficado corada. E Kenshin lhe perguntou.

- V-v-você está bem? P-pa-re-c-ce que está preocupada...

- Ah, não! É que você me apareceu de repente, foi isso.

Kaoru notou algo no olhar dele. *Por que será que ele me olha assim? Que estranho!* Seguiu então sua percepção e de cara, notou.

- Nem morta! Ele estava...!

-K-K-Kaoru- dono! Eu não pretendia...

-VOCÊ ESTÁ ME OLHANDO NUA!!!!

Tinha certeza que ela partiria para cima dele. Mas incrivelmente não ocorreu. Kaoru tinha sumido. E Kenshin foi embora. *Hmmm...Acho que uma COISA daquelas deve ter feito Kaoru-dono desaparecer. Ela estava toda nua e...acho que estou começando a alucinar *. Foi então para o dojo.* Preciso parar de pensar bobagens. ainda tenho um café da manhã para fazer ,e muita roupa à lavar.*

Estava escondida no dojo. Kaoru queria naquela hora compreender o que estava exatamente acontecendo com ela *O quê aconteceu comigo? Eu me senti um pouco ..excitada! Eu não fiz absolutamente nada! Apenas corri! Eu devia era BATER naquele pervertido!!! Mas, não pude! Meu corpo naquela hora estava QUENTE! Deus!* Naquele momento , ela desejava ter uma mãe ou uma irmã mais velha para entender . *Quer saber? Ele olhou para mim! Eu devia é ficar brava! Eu ESTOU BRAVA! Ele vai ter o que merece !* E se dirigiu para onde Kenshin estava.

Fazendo seu café tranqüilamente, ele derrubou sakura em seu gi e foi se trocar imediatamente .Claro que não notou que TODO o seu hakama estava sujo. E Kaoru foi ao seu encontro. De repente ,os dois se encontram. Ela então, vê a roupa manchada dele . Kenshin se tocou de uma hora para outra.

- Você poderia me dar licença, Kaoru-Dono?

E assim foi. Mas Kaoru agora estava mais excitada que nunca. Como? Por que ficava vermelha? Não entendia nada.* Grr! Eu preciso descobrir e só o Kenshin pode me responder!!*

- KENSHIN!!!!

Ele logo se dirigiu para um banheiro e começou a se despir. Ficou inteiramente nu. Nisso, Kaoru também veio nesta hora "h".

-AHHHHHH!!

-ORÔ?COMO? ONDE? POR ľAh ....era você Kaoru-dono! Que susto que você me deu! Não faça isso de novo, por favor e-

- O QUÊ É ISSO?????

- O QUÊ? AOND-

Kenshin reparou agora para onde ela estava apontando.

- Phew! Outro susto que você me deu, viu? Pensei que tivesse uma aranha em mim ou algo parecido...He, he ..a única coisa que você estava apontando era o meu pênis!

- P-pênis??

- Uh-huh. É o que os garotos tem em vez de ter vaginas de vocês, garotas.

- Mas é tão grande e long- POR QUÊ você tem um desses?

Kenshin começou a sorrir .E explicou.

- Bem, sou um garoto, posso não parecer, mas sou. E a razão para sermos diferentes é que , juntos, uma garota e um garoto podem fazer um bebê.

- C-como?

Novamente ele sorri.

- Ah.. Eu poderia até lhe contar, mas você não acreditaria Kaoru-dono. Eu posso lhe mostrar, mas aonde neste mundo acharei uma garota disposta? É uma pena...

A curiosidade era maior que a precaução de Kaoru. Só queria saber o por quê de tudo aquilo...

- Uh..K-Kenshin! Espere!...eu.....sou uma garota disposta...

Ninguém viu o sorriso no rosto de Kenshin como aquelas palavras soaram como doces melodias. Oh.. tinha sido 10 longos anos...E finalmente ele pensou...*BINGO!*

_______________________________________________________________________

Voltar para a Página de Kenshin

Hosted by www.Geocities.ws

1