epsilon Eridani se chama Rán 
Prezados colegas,
 
Em 31 de outubro de 2015 encerrou a votação pública para a escolha de nomes de alguns planetas extrassolares, promovida pela União Astronômica Internacional (UAI).

A partir de novembro de 2015 a UAI, por meio do Comitê Executivo do Grupo de Trabalho para Nomeação Pública de Planetas e Satélites Planetários, supervisionou o estágio final da votação para validar os nomes aprovados.

Em 15 de dezembro de 2015 foram anunciadas as propostas vencedoras.
O nome mais votado para a estrela epsilon Eridani foi Rán e seu planeta Ægir.
Conforme sugestão do grupo Mountainside Middle School 8th graders, os dois nomes significam:

Rán = Rán (pronounced "RAN") is the Norse goddess of the sea and she drags drowning sailors to the bottom of the ocean with her net. Her pulling things with her net made us think of a star's immense gravitational pull.

Ægir = Rán's husband, is also a god of the sea and is responsible for most of the sea's actions. He is seen as a powerful and dangerous god and he too captures men and cargo from ships. Also his 'hiding' or taking of things made us think of the possibility of other planets orbiting the same star and that they could be 'hiding' with him. Plus, there is a high chance of there being more than Ægir orbiting Rán, and as we refine and improve on our techniques on world finding, there is a high chance of finding another celestial body orbiting Rán.

Segundo o website da campanha, até dia 31 de outubro de 2015 foram computados um total de 631 mil votos (considerando todas as estrelas e seus exoplanetas).

O NEOA-JBS, cadastrado no Diretório da UAI, participou desta campanha enviando as seguintes propostas

estrela epsilon Eridani = Cambirela
Cambirela é o nome de um monte localizado na cidade brasileira de Palhoça. Este monte é bem visível em toda a Ilha de Santa Catarina. Mais informação está disponível no website: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cambirela

planeta epsilon Eridani b = Sufijunior
"Sufi Junior" é o pseudônimo do músico brasileiro e astrônomo amador José Brazilício de Souza (1854-1910). O primeiro nome veio do astrônomo persa Abderrahman Al-Sufi. Quando Brazilício escrevia seus textos científicos em jornais em Santa Catarina, ele usada este pseudônimo "Sufi Junior".
Veja este recorte publicado no Jornal do Commercio, 12 de julho de 1887 relacionando Sufi Junior e a Astronomia.
Veja o recorte do Jornal A República, 26 de março de 1896, revelando que José Brazilício de Souza era Sufi Junior.

Instruções:

Durante a fase de votação, o internauta deveria fazer o seguinte:

Acessar o website: http://nameexoworlds.iau.org/systems/105

Procurar na lista "Proposed names" as indicações Cambirela e Sufijunior.

Clicar no botão de votar.

Nenhum registo era requerido
Cada dispositivo (computador ou smartphone) podia votar uma única vez para cada um dos 20 sistemas
Não era permitido alterar o voto posteriormente
Em casos raros, se múltiplos usuários de uma única máquina desejassem votar, deve ser preenchido um formulário especial
Todos os spams seriam removidos
A votação se encerrou em 31 de outubro de 2015 às 23:59 TU (no Brasil, às 21:59 HBV)

Matérias:
Para o Cambirela, o céu não é o limite. Palavra Palhocense.
Vote e ajude a batizar 32 exoplanetas
. Salvador Nogueira (blog Mensageiro Sideral, Folha de São Paulo)
União Astronômica Internacional pode batizar estrela com nome Cambirela. Beatriz Carrasco (Notícias do Dia)
NEOA participa de campanha para batizar planetas extrassolares. Jornalismo IFSC
Foto enviada ao portal SpaceWeather.com
Foto da região do céu em que se encontra a estrela epsilon Eridani (A. Amorim/NEOA-JBS)


Como localizar a estrela epsilon Eridani no céu:

A estrela epsilon Eridani é visível a olho nu, cuja magnitude visual é 3,7. Atualmente, em agosto, ela nasce por volta da meia-noite, estando disponível durante toda a madrugada. Em setembro ela estará disponível mais cedo, a partir das 22:00 e no mês de outubro ela já será visível após as 20:00.
A estrela está localizada na constelação de Erídano, porém é mais fácil de identificá-la a partir das Três Marias. Preparamos um mapa abaixo:
A partir das Três Marias, localize a estrela Rigel (ela é mais brilhante que as Três Marias). A separação entre a estrela do meio das Três Marias e Rigel é de 9 graus, o equivalente à mão fechada com o braço estendido.
A partir de Rigel, localize as estrelas delta Eridani e gama Eridani. Elas estão situadas cerca de 22 graus à oeste de Rigel, equivalente à separação entre o polegar e o dedo mínimo com a palma da mão aberta e o braço estendido.
Pronto! Logo à oeste de delta Eridani está a nossa epsilon Eridani cujo nome da estrela e seu planeta você votou em Cambirela e Sufijunior!
http://nameexoworlds.iau.org/systems/105



 (retorna)