tdogfight.jpg (4287 bytes)



O Pit Bull é considerados por muitos o melhor cão de combate, capaz de vencer oponentes duas ou até três vezes maiores. Sobressai-se pela coragem , agressividade, vigor, robustez, agilidade, incansável persistência, habilidade para lutar e morder (capaz de dar 7 mordidas a cada 5 segundos), grande resistência física, tolerância à dor e grande capacidade de recuperação dos ferimentos, é objetivo e calculista e sua agressividade transpõe sua resistência óssea, causando até perda de dentes quando irritado, pois pode morder qualquer coisa ao seu redor, mesmo grades de ferro.

O cão é condicionado com exercícios físicos como correr em esteiras, puxar pesos, morder pneus, carregar correntes, etc. Dias antes da luta o cão é desidratado para não sangrar e para diminuir seu peso, visto que as lutas são divididas por categoria de peso. A rinha é um quadrado cercado com poucos metros quadrados e mais de 1m de altura da cerca. Os cães são lavados para evitar o envenenamento da pelagem, o que pode matar o cão adversário.

Nos EUA, Inglaterra e outros países ha pessoas que usam técnicas que beiram a barbaria para deixar seus cães mais agressivos. Ainda filhotes, por exemplo, os Pits são ensinados a morder e matar gatos suspensos em sacolas. Mais tarde, correm horas em gaiolas giratórias atiçados par gatos mortos, frangos ou pedaços de animais. Com isso, a agressividade foge de controle.

Os donos colocam os cães face a face, cada um em seu corner, e após a ordem do juiz os soltam. A luta termina quando um dos cães morrer, não mais atacar o adversário ou pular para fora da rinha. Existem várias regras utilizadas, mas a mais aceitas são as "Cajun Rules", que é uma variação mais moderna das regras de luta. Até hoje não se conhece cão doméstico ou selvagem que consiga vencer um ótimo pit bull de 45-50lb.

 



Veja o treinamento pelo qual um pit bull é submetido para entar numa rinha

 

PROFISSIONAIS

"Garotos buscando auto-afirmação, com cães pesados demais, em rinhas sem regras ou regras ruins, são amadores que provocam verdadeiros massacres mesmo quando não o desejam", opina Mr. X. Ele freqüenta outro tipo de rinha: a profissional, também chamada de rinha de match makers (donos de cães de combate, profissionais). Mr. X nos conta como funcionam essas disputas: Altas somas podem mudar de mãos em uma única luta. As apostas vão de R$1.000,00 a R$20.000,00 no Brasil e nos Estados Unidos o faixa e de US$5,000.00 a US$100,000.00. Os convidados, indicados pelos match makers, pagam para enter e apostam mas não podem fazer muito barulho e nem se aproximar da arena. Nos EUA, os convidados apostam ate meio milhão de dólares, entre si por rinha. São utilizados cães importados, das melhores linhagens de combate. Há pelo menos seis selecionadores brasileiros nos Estados Unidos, que escolhem os melhores Pit Bulls para briga e os despacham para o Brasil. Um personal trainer (ganha até US$10,000.00 por luta) prepara os cães com dietas, injeções de hormônios e exercícios. 0 juiz, auxiliado por um cronometrista, foz cumprir as regras (no Brasil aplicam-se as norte-americanas). Na rinha de match makers há cuidado para evitar danos exagerados aos cães, muito valiosos. Cada rinheiro vai acompanhado de uma testemunha. Cabe ao juiz (que ganha ate US$ 5,000.00 par luta) determinar quando os cães devem ser separados, caso os donos não o façam antes. Um veterinário de plantão atende as emergências. Essas medidas ficam suspensas preventivamente quando os donos decidem que o combate irá até a morte. São as fechadíssimas e milionárias rinhas "Till death do us part" (Até que a morte os separe), massacres que acontecem por pressão de apostas a partir de US$ 25,000.00.
Mr. X informa por que participa de rinhas de match maker. "Lutar é o caminho que foi traçado para os Pit Bulls; alguns parecem mesmo gostar disso, característica que levou e leva a raça a ser aprimorada."

 

Confira imagens de rinhas clandestinas (as imagens são slides-shows, demoram um pouco para serem carregadas)

rinha #01

rinha #02

rinha #03

rinha #04

PROIBIÇÕES LEGAIS

Organizar ou participar de rinha é crime. A lei 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, Artigo 32, menciona: "Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. Pena - detenção de três meses a um ano, e multa. Parágrafo Segundo - A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorrer morte do animal." Apostar durante os combates vai contra o Artigo 50 da lei 3.688, de 1941, do Código Penal. "Estabelecer ou explorar jogo de azar em local público ou acessível ao público, mediante o pagamento de entrada ou sem ele. Pena: prisão simples, de três meses a um ano, e multa, estendendo-se os efeitos da condenação à perda dos móveis e objetos de decoração do local. Parágrafo Primeiro - A pena é aumentada em um terço, se existe entre os empregados ou participa do jogo pessoa menor de dezoito anos. Parágrafo Segundo - Incorre na pena de multa quem é encontrado a participar do jogo, como ponteiro ou apostador. Parágrafo Terceiro - Consideram-se jogos de azar: a) o jogo em que o ganho e a perda dependem exclusiva ou principalmente da sorte; b) as apostas sobre as corridas de cavalos fora de hipódromo ou de local onde sejam autorizadas; c) as apostas sobre qualquer outro competição esportiva."

 

Hosted by www.Geocities.ws
GridHoster Web Hosting
1